Qual a diferença entre PCAAS e DAAS?

PCAAS é uma sigla para PC As A Service, ou Computador como um serviço. Já DAAS é a sigla referente a Device As A Service, ou Dispositivo como Serviço.  A diferença é que este último é mais abrangente.

Neste post, vamos explicar a diferença entre os dois termos e como esse modelo de negócios é o mais indicado para empresas reduzirem custos com tecnologia e equipamentos de informática. Confira.

PCAAS e DAAS, qual a diferença?

Conforme explicamos na introdução do post, o PCAAS se refere aos computadores como um serviço, enquanto DAAS refere-se a dispositivos como serviço. A diferença está na abrangência maior do DAAS.

Enquanto o PCAAS engloba especificamente computadores, como desktops, notebooks e chromebooks, o DAAS inclui também equipamentos diversificados de informática, como impressoras, tablets, servidores e até smartphones.

Em comum, os dois modelos se baseiam em uma espécie de aluguel ou assinatura para o uso dos equipamentos. Em vez de a empresa despender uma grande soma para comprar os itens necessários para seu parque tecnológico, paga uma pequena quantia mensal para usá-los.

Além disso, como se trata de um serviço, todo o suporte envolvido já está incluso no valor das mensalidades: como manutenção, reposição de materiais e suporte técnico.

Como os modelos PCAAS e DAAS funcionam?

No modelo de negócio PC As A Service e Device As A Service, sua empresa fecha um contrato por valor fixo mensal, que vai depender da quantidade de equipamentos contratados e do período.

Um dos benefícios é que os contratos são bastante flexíveis. Na AP Networks é possível contratar para períodos desde 1 dia até 36 meses.

Além disso, você pode acrescentar ou remover equipamentos contratados com facilidade, o que faz com que esse modelo acompanhe o desenvolvimento e o crescimento da sua organização.

O que está incluso no serviço?

Ao contratar equipamentos de informática no modelo PC As A Service/ Device As A Service, já estão incluídos serviços como a manutenção preventiva e corretiva dos aparelhos, reposição de material, como tinta e papel, no caso de impressoras e suporte técnico com prazo estipulado em contrato para resolução do problema.

Além disso, o contrato também estipula o ciclo de vida dos equipamentos, para que sejam atualizados. Em geral, esse tempo é de 3 anos em média.

Isso significa que você sempre terá equipamentos modernos para trabalhar. Esse é outro grande benefício do modelo, já que devido ao alto custo de aquisição para comprar equipamentos de informática, a maioria das empresas utilizam o mesmo computador pelo máximo de tempo possível, praticamente até seu uso ficar inviável.

Existem outros benefícios?

Além de eliminar gastos com manutenção e suporte e reduzir consideravelmente os custos para usufruir de equipamentos modernos de informática, o modelo “As A Service” também oferece benefícios fiscais.

Ao contratar esse tipo de serviço, as empresas substituem um gasto de capital (Capex) volumoso por uma despesa operacional (Opex) contínua mensal que cabe no orçamento da organização.  Assim, dependendo do enquadramento, a empresa também consegue reduzir impostos.

Por fim, como os equipamentos são atualizados periodicamente, há ganho na performance e produtividade, pois a empresa não utilizará máquinas antigas com problemas de lentidão e travamento. Além disso, também ficará menos vulnerável a ataques digitais que se aproveitam de equipamentos desatualizados.

Ficou interessado?

Se você quiser conhecer mais sobre o PC As Service e Device As A Service, confira nossas outras postagens e veja o material em nosso site.

Caso esteja considerando o PC As A Service como solução para reduzir custos e obter equipamentos modernos para sua empresa, entre em contato com a AP Networks e conheça nossas opções.

Atuamos há mais de 15 anos no mercado, formando parceria com grandes fabricantes de equipamentos e temos contratos flexíveis e o nível de qualidade e atendimento que certamente atenderão suas necessidades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *